28 janeiro, 2012

SEGUNDO TEMPO


Ainda que as folhas caem, a venta leve a areia, haverá sempre uma esperança plantada que se regada crescera levando o ser humano a ter certeza que nada foi feito ao acaso.

Aparentemente foi tudo perdido. O telhado da casa saiu voando, o sol desapareceu, quanto as lagrimas com certeza fizeram  parte do que foi perdido durante o dia.

E assim foi mais um dia perturbador na vida daquele ser humano que pretendia no outro dia se deitar e em um gole acabar com sua vida, mais descobriu que existe coisas que ainda poderiam lhe trazer a felicidade, como por exemplo ter a chance de construir com seus passos a sua alegria de viver dando lhe chance de amar novamente. 




Joanderson Ribeiro
28.01.2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário