07 dezembro, 2011

DURAÇÃO


Enquanto palavras algumas vezes machucam, eu trago a tona da minha vida as feridas para assim serrar perante meus olhos, mais muitas delas ainda são inúteis, me fazem ter certeza que na vida nada desaparece de uma hora para outra e que somos totalmente capazes de acabar de uma vez por todas da distancia que denigrem meu coração dentro do meu espaço que agora mesmo vazio está. 
Loucura ou não tenho palavras para tudo, feridas, amores que não existem ou ate mesmo para apenas dormir querendo que o céu amanheça apenas azul para assim sentar na porta da minha casa embaixo da arvore e pensar no que deixei de fazer para assim te ver, entender seus pensamentos ou até mesmo ter certeza que você existe, mais qualquer dia desses tudo vai ser miseras palavras de um mundo deteriorado pelas suas dentro da minha mente... Suas palavras são tão belas... Suas dores chegam até a mim como castigos... 
Tudo parece ser difícil, mais acaba na próxima esquina ou nas aproximas palavras redigidas em frases como estas...
Por isso acabei de sonhar e quanto as feridas, ainda expostas doem, mais tenho certeza que não será para sempre...


Joanderson Ribeiro
08.12.2011

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

TANTO QUE SIM

O inesperado e sempre tendencioso aos olhos humanos. O talvez é sempre uma prática do suposto sim com uma leve pitada do não. Ligeiramente...