13 dezembro, 2011

AINDA HOJE

Sempre e muito temo para quem não tem esse exagero de vida para assim aqui estar.
Que tal pensar no agora?
Que tal gritar de revolta 
Que tal chorar de felicidade?
Que tal você ser mais compreensivo quando solicitado?
Que tal não saber o caminho de casa?
Que tal se beijar pelo espelho do banheiro?
Que tal responder os questionamentos feitos por você.
Que tal não ter medo de arriscar-se

Tudo seria mais facil se o receio de errar fosse apenas passageiro.


Joanderson Ribeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário