16 março, 2011

DOIS A ZERO

Hoje e um novo dia,
com novos sonhos
com novas dores
sem um novo amor

Ontem foi um dia típico
foi como anteontem sem novidades
sem um novo amor

Amanhã agora e desconhecido
assim como dois corações que se odeiam
que um dia se amaram
mais hoje só sobraram palavras de adeus.

sinceramente, tudo se acabou como o dia de ontem
passou e assim virou passado


Joanderson Ribeiro
17. 03. 2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TANTO QUE SIM

O inesperado e sempre tendencioso aos olhos humanos. O talvez é sempre uma prática do suposto sim com uma leve pitada do não. Ligeiramente...