31 julho, 2010

SUBTRAINDO

Acordado ainda estou a pensar em como vou viver sem seu abraço.
Chega de amor ou um gostar perigoso para mim, quero ter em meu coração um
pouco
de fraternidade, infeliz.
Amanhã quero acordar, levantar lentamente e ter certeza
que aquele dia será i
nesquecivel
tal amor bandido.

Joanderson Ribeiro
31.07.2010

Olhos Fechados

"Ainda espero na janela da solidão, um amor aparecer,
enquanto isso não acontece,
tento dizer para meus sonhos, que são muitos, esperar até
o proximo dia
para me dizer que desistiu de mim mais uma vez.

Preparado para viver, me debruso naquela janela de
madeira, pintada
a mão com uma cor convencional, azul para ser
mais exato.

porém nada me tira da cabeça o fato de estar ali, naquele
pequeno espaço entre uma parede
que foi recortada como um papel para a claridade entrar.

enquanto isso as minhas palavras me fazem compania
diante de um dia ensolarado, porem escuro se torna meu
coração incansavel, como um trêm a vapor.

Apòs estas poucas linhas, me sacrificarei, fazendo com que nada esteje
acontecendo diante do meu coração cansando e com esperanças que
nunca acabam. Quanto aos meus sonhos tentarei não realizar um,
para dar tempo de te ter".

Joanderson Ribeiro
31.07.2010



26 julho, 2010

ENGANA-ME HOJE

"Nada serà capaz de interomper o curso do discredito que você trata de aumentar a cada segundo comigo.Por outro lado, lembro-me que antes dos ultimos acontecimentos, senti por você uma especie de amor não reconhecido, e um gostar imperfeito.

Mais nada será capaz de trazer a tona o tempo em que chorava por mim.Hoje o que sobra, são sombras pelo que se foi, mais sempre de olhos para o amanhã, mais o hoje e um otimo remédio, e o tempo imperfeito, como sempre.

Te quiz , mais nunca te amei: Entendeu?

Engana-me se você for capaz de traduzir a minha vida".

Joanderson Ribeiro25.07.2010

21 julho, 2010

UMAS PALAVRAS

Sinceramente,

o amor e um cesto de

lixo quando não temos

nada,

nem mesmo uma esperança na

vida e conseqüentemente

no coração

Joanderson Ribeiro
01.junlho.2010


UMAS PALAVRAS

Sinceramente,

o amor e um cesto de

lixo quando não temos

nada,

nem mesmo uma esperança na

vida e conseqüentement

e no coração

Joanderson Ribeiro
01.junlho.2010


20 julho, 2010

NAS ENTRELINHAS


Em uma olhar tudo se confirma:
Medos florescem,
Mãos danadas proucuram pelo que preencher
Peles separadas pelo destino, em sintonia
Abraços desejados
Nomes desiguais,
Mentes procurando algum tipo de alivio
Pés quentes
Alguns carinhos como nunca se viu
Desejos imperdoáveis afloram
Nada e capaz de penetrar os pensamentos em completa sintonia
Dois passos para uma ilusão deliciosa,
Que tal sorrir? Chorar? Sentir-se bem?
Nada será capaz de proporcionar coisa melhor a não ser se abrisse os olhos para dizer quer tudo e um sonho.
Incapacitado de pensar, o ser que se julga forte não e exatamente um nada.
Beijos quer que conduzem ao um outro mundo.
Talvez aqueles seres humanos que nunca se viram possam um dia relembrar através de suas memórias o que se passou como passou e sentir saudades.
Aqueles carinhos, abraços em rolados, beijos calhentes
Mãos macias, coração atropelando o tempo em que se era bobo.
Embora tudo acabou querendo bis, de um momento que antes era futuro e que agora e passado lembrável.
De repente o que estava colorido, e invadido pelo preto e branco da vida;
Crianças chorando, mãe gritando, homem correndo, um sol inadequado aparece: insonhas substituídas; ignorâncias afloram. Uma parada para usufruir de um passado que se chama de um tal de ontem.
Lembra muito bem, mais logo cai em si e volta para o todo dia.
Mais dia se passa, e com ele mais uma chance de viver mais
uma nova lembravel experiência.

Joanderson Ribeiro
06.07.2010

RESPNDA-ME EM PERGUNTAS

ENTRE....
SENTI-SE
COMO VAI?
COMO CHEGOU AQUI?
DESEJA TOMAR ALGO?
RESPONDA-ME
VAMOS FALE, O QUE VOCÊ VEIO FAZER AQUI?
DESEJEI VOCÊ PO MUITO TEMPO, HOJE NADA QUERO...
SE VOcE NÃO QUER FALAR NADA POR FAVOR RETIRE-SE DA MINHA CASA.
ESQUEÇA-ME
NÃO ESTOU INFELIZ, APENAS APRENDI A CONVIVER AS MENTIRAS DA VIDA....
A PORTA DE SAIDA E A MESMA DA ENTRADA....
FELICIDADE, maldita.
Joanderson Ribeiro
20.julho.2010

19 julho, 2010

AO AMIGO


Escrever e uma luta sem procedencias, talvez eu seje e realmete louco,
em tentar expor para outros a dor e ao mesmo tempo o amor que não
cabe mais em meu coração. Mais pensando bem aida terei noticias de
um mundo novo, não hoje ou amanha, mais um dia...."
para HENANNY QUEIROZ... amigo
Joanderson Ribeiro....
19 de julho de 2010

18 julho, 2010

EU e eles

"Proucurando em que achar graça para tentar rir diande
de um dia maravilhoso, de sol que frita meus pensamentos
levando ao pó meus objetivos hoje, olhei muito ao meu redor e nada vi.
Deveria ser na hora de sair correndo mais me sentei,
botando a mão na cabeça e de uma hora para outra,
comesei a rir da minha propria vida. Dos meus erros
que não eram poucos... loucura?
Talvez deveriamos olhar para nosso passado para
entender o nosso prezente e sonharmos em melhoras para o futuro.
Depois de um tempo ali, sentado, encostado em uma
parede suja de preto, com alguns nomes em brancos
inreconheciveis, levantei e continuei a minha vida
com os olhos cheios de agua de tanto sorrir dos meus
passos, as vezes certos outras errados e sem falar nos infalços.
Ainda sim o sol continua a me esquentar, mais nada
tira de mim a saudades dos erros, porque são deles
que aprendemos a acertar.
Proseguindo vou-me..."
Joanderson Ribeiro
18 de julho de 2010

17 julho, 2010

Entre linhas _EU

As palavras são meus pensamentos
sonhados e colocados em um papel a
partir da morte de uma arvóre:
Grande, imponente, sob um sol, quente,
o memso que ilumina e aquece-me,
enquanto só queria me expresar e
demostrat atravez de letras
trancadas em meu mundo o que sinto pelo
sentimentos continuos da vida;
Rapida e silênciosa,
abragente e ao
memso tempo,
pequena.

Joanderson Ribeiro.
17 de julho de 2010

10 julho, 2010

MUNDO MEU

Entre muitas palavras me perco no tempo,
fazendo-me viajar a milhares de kilometros
para um planeta chamado, meu...
tudo meu...
as dores
o silêncio
o gosto,
só espulsei de uma vez por todas o amor:
inguinorante, sagaz inguinorantes e mediculoso.
....
Assim me faço rei e unico,
absoluto do meu mundinho, chamado
pelas letras de palavras secretas.
Joanderson Ribeiro
10.07.2010

Uma sintesí.

Sou louco por não saber amar.
sou louco por não ter sonhos.
Sou louco por não te querer,
mais a loucura maior te querer,
e ao mesmo tempo
querer nada mais.


Joanderson Ribeiro
10.07.2010

04 julho, 2010

PENSAR

Deixo para traz palavras de medo,
onde eu sou a lei suprema, mais sei
que sou tambem atinjido
por estilhaças delas.
Joanderson Ribeiro.
04.07.2010

01 julho, 2010

SINGELO

"As melhores pessoas não são
aquelas que olhamos o tempo
todo, mais todas aquelas que
expressam o que pensam de um
determinado assunto, seje qual for".
Joanderson Ribeiro

TANTO QUE SIM

O inesperado e sempre tendencioso aos olhos humanos. O talvez é sempre uma prática do suposto sim com uma leve pitada do não. Ligeiramente...