29 janeiro, 2010

Uma frase...

"Hoje muitos choram, mais não desistem de viver..."

Rosa de Saron

22 janeiro, 2010

Se cada ser humano e uma estrela
no céu da vida, então nunca
deixaremos de brilhar até nas
horas de trovoadas e de muita
chuva, e não havera sol que
ofuscasse a nossa luz, e assim
continuaremos a viver
sem interrupções.
Joanderson Ribeiro
Poesia para bobos
Como posso esquecer que em poucas palavras
me adora e com um olhar me sacrifica.
Como posso ter medo se já te perdi.
Como posso gritar se meu coração esta sufocado pela sua falta.
Como posso deixar para tráz o amor que contruir
e que em questão de segundos tudo veio a baixo?
Como posso durmi, se meu sonho deixei escapar.
Ciseramente deixei de te amar quando descobrir
que o amor foi invenção da minha dor para
esquecer estas palavras que te escrevo e minhas
palvras foram em vão quando tive certeza que o
amor com certeza existe, mas não era a hora de senti-lo
Passar bem.
Joanderson Ribeiro

UM SOCORRO PARA VÁRIAS VIDAS


JR



São poucas como a esperança de um povo que teve seu paiz devastado per um terremoro.
A dor nesta hora e inevitavel.
Chorar a diferença entre o ter e o nada temer.
Perante seus olhos, cheios de lagrimas ainda bate em seu peito um coração abafado pela perda.
Sua vida agora e um capo de concentração de saudades, do que era antes.
Pasado muito lembrado, muito clamado e pouco provável de voltar.
Indo passo a passo a algum lugar, encontar em outros braços o consolo e a certeza em palavras que tudo vai melhorar.
Sua filha, seu pai, sua tia, seu suol, virou pó em questão de segundos,quando tudo foi construido duarnte sua vida toda.
O pai que deixou seu filho em um campo, hoje não consegue sair debaixo de pedras de solidão, desolado chora para não esquecer que qualquer dia não sera mais igual a aquele e o filho não mais voltarar.
Um paiz arazado são varias vidas acabadas. O que sobra são várias toneladas de um povo pobre arrasados pela dor, carregados pela falta de alguem.
Mais estes mesmos seres que hoje sofrem, amanhã se darão conta que a vida continua: perderam, choraram, gritaram mais a vida continua, e hora de reconstruir suas esperanças, suas novas vidas...






Joanderson Ribeiro.

19 janeiro, 2010

Minha vida em cor-de-rosa

Hoje um domindo, acordei cedo e fui ver filme.
Achei um pouco visto, comecei a ver e realmete tinha o porque ser visto por poucas. Fui ver outro um chamado "minha vida em cor-de-rosa".
Comesei a vê-lo, olha um folme exemplar, qua narra sem meros medos uma realidade que assola o povão cabecinha, o fato da homosexualidade.
Vale a pena você sentar-se no sofá gastar uma hora e quinze segundos do seu temp por este filme.
Durante o tempo que eu estive olhando fui achando o assunto muito pessado para uma criança de 7 anos, mais ao mesmo tempo fui reajindo ao contrario, e ao fim tive a certeza que realmente era preciso.
O filme todo se passa em uma cidade pequena cheio de regras qua jamais seriam contrariadas, mais como você sabe meu caro leitor nem tudo são flores.
tudo começa a dar errado logo no começo do filme, quando o " ludovic" vivido pelo ator Georges du fresne, não aceita o que lhe impoem.
Só lembrando que não tem ele dubrado.

Sua produção e Francesa de 1997.
MINHA VIDA EM COR
DIREÇÃO:
Alain Berliner

Col., 98 min., 1997

até mais...

JOANDERSON RIBEIRO

18 janeiro, 2010




E COM IMENSIDÃO DO MEU AMOR E MINHA PALAVRAS SUGADORAS QUE EU AS COLOCO AQUI PARA ASSIM AJUDAR MUITAS OUTRAS PESSOAS A BUSCAREM NAS PALAVRAS UMA CHANCE DE VER A VIDA PELO OUTRO LADO DO MURO QUA PARECE GIGANTE... mais só parece...
GERALMENTE EU GOSTO DE ESCREVER O QUE PENSO SOBRE QUALQUER ASSUNTO E EU GARANTO QUE NÃO SER DIFERENTE...
CARO LEITOR BEM VINDOS!!
ABRAÇÃO


JOANDERSON RIBEIRO