01 dezembro, 2010

ASSIM

Tenho tanto para te falar, mais tudo acaba em seus gritos, que corta meu coração e condena meu caminhar, fazendo-me um escravo de um amor enorme e sincero, mais nada poderei fazer a não ser te dizer adeus.
Muitas palavras foram ditas:
Muitos momentos passamos;
Muitos abraços rodeados de sinceridade.
Porém tudo acabou quando abrir os olhos para uma realidade fora do normal.
Diante disso tudo, ainda sobrou amor e muita paixão que foi facilmente removida por sua falta de confiança suas em minhas palavras mais fortes que uma rocha.
Tudo se foi, como veio...

Joanderson Ribeiro
01.DEZ. 2010

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TANTO QUE SIM

O inesperado e sempre tendencioso aos olhos humanos. O talvez é sempre uma prática do suposto sim com uma leve pitada do não. Ligeiramente...