22 janeiro, 2010

UM SOCORRO PARA VÁRIAS VIDAS


JR



São poucas como a esperança de um povo que teve seu paiz devastado per um terremoro.
A dor nesta hora e inevitavel.
Chorar a diferença entre o ter e o nada temer.
Perante seus olhos, cheios de lagrimas ainda bate em seu peito um coração abafado pela perda.
Sua vida agora e um capo de concentração de saudades, do que era antes.
Pasado muito lembrado, muito clamado e pouco provável de voltar.
Indo passo a passo a algum lugar, encontar em outros braços o consolo e a certeza em palavras que tudo vai melhorar.
Sua filha, seu pai, sua tia, seu suol, virou pó em questão de segundos,quando tudo foi construido duarnte sua vida toda.
O pai que deixou seu filho em um campo, hoje não consegue sair debaixo de pedras de solidão, desolado chora para não esquecer que qualquer dia não sera mais igual a aquele e o filho não mais voltarar.
Um paiz arazado são varias vidas acabadas. O que sobra são várias toneladas de um povo pobre arrasados pela dor, carregados pela falta de alguem.
Mais estes mesmos seres que hoje sofrem, amanhã se darão conta que a vida continua: perderam, choraram, gritaram mais a vida continua, e hora de reconstruir suas esperanças, suas novas vidas...






Joanderson Ribeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário